PORQUE TUDO NESSA VIDA TEM UM FIM...

Oi galera!
Tudo bem?!
O assunto de hoje é algo que pode acontecer a qualquer momento, com qualquer pessoa e quando menos se espera. Para algumas pessoas é sofrido, para outras, nem tanto. Algumas pessoas entendem, outras lutam contra e ainda tem aquelas que não são capazes de aceitar.


Eu não queria, mas isso acabou acontecendo comigo, e como algumas pessoas me perguntaram, vou compartilhar com vocês. Quer saber sobre o que aconteceu?! Vem comigo que eu te conto!


O post de hoje pra quem acompanha o blog seria sobre a minha comemoração de aniversário de namoro. Mas não vai ser possível, então vou falar sobre fim de relacionamento. Quem acompanha o blog, viu alguns posts sobre namoro a distância, recebi alguns e-mails com dúvidas e sugestões sobre o assunto e me prontifiquei a dividir a minha experiência e ajudar as pessoas que me indagaram sobre. Os posts vão continuar até eu responder a todos, mas não vou falar sobre meu namoro, ele chegou ao fim há aproximadamente 2 meses.


É meio chato falar sobre isso, depois de tudo o que dividi com vocês, dos comentários das pessoas que desejavam o nosso bem e que estavam felizes junto comigo. Mas no final das contas, o relacionamento não deu certo... Precisei de um tempo pra assimilar as coisas, colocar tudo no lugar e agora, estou melhor... Aprendi muito durante este processo de fim de namoro, e como a intenção era ajudar quem estava num relacionamento a distância, hoje vou postar para tentar ajudar quem está passando pelo mesmo que eu.


As sensações podem ser diferente de pessoa pra pessoa, mas é importante saber a HORA DE DESISTIR. Eu confesso que quando aconteceu eu também tive vontade conversar, ir atrás, tentar resolver, chorar, se descabelar, pedir para voltar... Isso é normal, quando não é a gente que termina. Não sei se é bom, mas pra mim, se não o fizesse ficaria me perguntando “e se?!” E se eu tivesse tentado mais uma vez, e se eu não tivesse falado aquilo, se eu não tivesse ligado e etc... Eu admito que fiz o que poderia fazer, até perceber que nada do que eu fazia mudava as coisas, ele só queria festinhas, curtição e bebida. Então eu parei, bloqueei nas redes sócias e chamadas dele no meu celular. Manter o contado me mantinha presa, mas não mudava em nada a nossa situação, pelo contrário, me fazia ficar remoendo, sofrendo quando ele ia pra noitada, choramingando e isso só estava me desgastando e fazendo eu sofrer mais ainda.


É preciso saber que VAI DOER, MAS VOCÊ PRECISA SER FORTE. Eu tentava ser forte e não ter contato, mas ele sempre mandava recados por terceiros pedindo pra eu atende-lo, e eu atendia. Era uma forma de diminuir a saudade e o meu sofrimento, mas não era bem assim. Eu não queria perde-lo, mas não queria continuar sofrendo com o nosso relacionamento. Eu queria distância dele, mas ao mesmo tempo, ir atrás para tentar voltar com ele era uma forma de eu acabar com minha tristeza. Mas com o tempo caí na real que não era essa a solução. Por mais que seja dolorido e sofrido, o fim do namoro não faz com que as lembranças acabem e que o sentimento suma de uma hora para outra. É preciso aceitar que alguns dias vão tediosos e tristes. Que às vezes você vai chorar, que vai faltar coragem para fazer qualquer coisa e que a dor vai durar um tempo. Mas lembre-se, por mais que seja difícil, a sua vida continua e nada dura para sempre, tudo passa!

Se cerque de pessoas que gostem de você, FAMÍLIA E AMIGOS SÃO AS MELHORES COMPANHIAS. Quando o namoro termina, você se sente o pior ser humano da terra, se culpa por tudo e bate um desânimo, mas conte com a ajuda das pessoas que realmente estão ao seu lado, ela vão te mostrar que não é bem assim. Com eles você poderá encontrar motivos para sorrir, se animar e se sentir amada de verdade.

Ficar se torturando não vai ajudar em nada. Então SE DISTANCIE DA PESSOA, DÊ TEMPO AO TEMPO. É bobeira ficar bisbilhotando o perfil dele nas redes sociais, isso só vai te deixar pra baixo e chateada. Por isso resolvi bloquear em todas as redes sócias, chamadas e mensagens do número dele. Não queria cair na tentação de ir atrás de novo, que ele me procurasse, era preciso me reerguer, esquecê-lo e tentar seguir em frente.



Uma solução é OCUPAR OS SEUS DIAS. Eu me afoguei nos meus livros, em posts para o blog, me dediquei mais à minha família e amigos. Mas tinha dias em que eu encontrava alguém da família dele que sempre me dizia pra voltar, pra tentar resolver, tinha outros que eu não conseguia me distrair pra parar de pensar. Só o passar do tempo foi amenizando as coisas, estou melhor, estou aproveitando mais os meus dias, me preocupando menos, estudando mais e descobrindo novos hobbies. Confesso que tem dias que tudo dá certo, outros, tudo vem à tona, e acabo ficando triste do mesmo jeito.

Mas sei que as coisas se ajeitam... eu já tive um fim de namoro muito pior, sei que pode demorar, mas as coisas se resolvem da melhor maneira. As coisas passam, e aos poucos vou ficar bem de novo... Por isso, vou continuar aqui, tentando ajudar quem tem relacionamento, e quem terminou e vou seguir tentando falar sobre término sem nenhum resquício de tristeza. Não sei se a gente tem volta, se nossa relação tem concerto, mas no momento, estar solteira é tudo o que me resta...
Por hoje é isso galera...
Até a próxima!
Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *